Kefir – O Guia Prático e Completo +Receita 🔝

O kefir vem se popularizando cada dia mais, seja o de leite ou o de água. Esse sucesso já rendeu até matérias em programas de TV , mas você sabe o que é o kefir? Te garanto que os benefícios desse probiótico merecem sua atenção.

 

Veja a receita do iogurte grego de Kefir lá no final do post. 😉

 

Confesso que eu também não sabia ao certo o que é o Kefir e para que ele serve. Até que há alguns anos atrás, pesquisando sobre alternativas saudáveis para o iogurte, eu encontrei um site que disponibilizava doação de mudas de kefir e para minha surpresa, tinha uma doadora em uma cidade vizinha a minha. Foi aí que eu me apaixonei por ele.

Para tirar as principais dúvidas, montei logo abaixo, o guia Completo e prático do kefir. Vem comigo?

 

O que é kefir?

 

kefir alimento probiótico

 

É um probiótico gerado por uma colônia de micro-organismos que ajudam a regular o intestino. O aspecto é de canjiquinha.

Sabe aquelas bebidas fermentadas com lactobacilos vivos, o yakult? Então, o kefir é tipo um yakult só que muito melhor, pois não contém apenas um tipo de organismo, mas vários que auxiliam na manutenção da saúde.

Esse probiótico pode ser feito com leite de origem animal (kefir de leite) ou água com açúcar (kefir de água), mas o mais popular mesmo, é o de leite. Com ele podemos fazer iogurtes, molhos, queijo, creme, e muito mais.

É importante esclarecer que não se deve colocar o kefir de água no leite, e nem o de leite na água, pois as colônias não sobrevivem e você perde sua muda.

 

Onde conseguir o kefir?

 

Onde conseguir o kefir

 

Como essa colônia de microorganismos está se desenvolve rapidamente, e suas mudas podem ser desidratadas para o envio, existem vários canais online para doação em todo o Brasil. Basta pesquisar se tem algum doador perto de você, na internet. Dependendo da região você encontra rapidinho.

O legal é que quem ganha o kefir, o multiplica, e doa também, criando um círculo de doadores. Isso é maravilhoso, né?

Embora não seja o ideal, você também encontra várias pessoas vendendo as mudas na internet. Essa pode ser sua última alternativa, caso realmente não consiga nenhuma doação na sua região.

Recipientes e utensílios ideais para o cultivo

 

 

Potes

Os melhores recipientes para fazer a fermentação, são os de vidro. E isso é muito importante, portanto vale apena comprar um pote caso você ainda não tenha um.

 

Tampas

Já a possibilidade de contaminação do kefir com uma tampa de madeira é muito maior do que com uma de aço inoxidável ou plástico, pois podem acumular fungos e outras bactérias que não devem entrar em contato com a colônia de kefir.

O uso da tampa no pote não é obrigatório, na verde o ideal é que se use um tecido de trama bem fininha, que não dê para passar insetos e poeira.

 

Colheres

Fala-se muito de usar apenas colheres de plástico ou de madeira para manusear o kefir, mas muitas pessoas usam colheres de aço inox e suas culturas continuam crescendo e se multiplicando. Aqui vale aquela máxima de que é melhor cultivar o kefir com colher de aço inox, do que não cultivar. 😉

Lembrando que o aço inox, não é a mesma coisa que o alumínio ou outros metais que, em contacto com a acidez do kefir, podem ser corroídos.

 

Como fazer kefir de leite e de água?

 

O preparo é muito simples, veja logo abaixo a forma certa de fermentar o kefir.

 

Como preparar o Kefir de Leite?

 

 

  1. Adicione cerca de 2 a 4 colheres de sopa de grãos de kefir em um recipiente grande de vidro.
  2. Acrescente 1 litro de leite integral em temperatura ambiente.
  3. Não sele o recipiente utilizado, mas cubra-o com um pano de algodão, toalha de papel ou outro tecido de trama bem fina para que possa respirar.
  4. Prenda o tecido com um elástico ou barbante.
  5. A fermentação pode ocorrer nas primeiras 12 horas até 72 horas, dependendo da temperatura do local, quanto mais quente estiver, mais rápida ela será.Lembre-se que, quanto mais tempo durar a fermentação, terá menos lactose e ficará mais ácido.
  6. Quando chegar ao ponto de fermentação desejado, use uma peneira (não metálica) para coar seu kefir.
  7. Deixe os grãos na peneira e lave o recipiente de vidro.
  8. Coloque os grãos novamente no pote e repita o processo. Viu como é fácil? <3

 

Algumas considerações…

  • A bebida deve ser consumida em até 3 dias, e deve ser mantida em refrigeração para não estragar. Lembrando que quanto mais o tempo passa, ela ficará mais ácida.
  • Se quiser separar proteína de soro de leite natural, em vez de usar uma peneira, use um tecido tipo voil, que deixa passar apenas o soro de kefir fermentado, que é a proteína e pode ser acrescentada a smoothies, e onde mais sua imaginação permitir.
  • Se você tem intolerância à lactose, deixe o kefir fermentado por um período mais longo, de até 72 horas, pois quanto mais sua bebida fermentar, menos lactose ela terá. Vale fazer um teste!

 

Lavar ou não lavar os grãos? Eis a questão…

Muitos optam por lavar os grãos de kefir antes de colocar o leite, a cada troca. Porém, a água, o cloro e outras substâncias podem afetar a sua colônia, então é preferível não fazer isso.

Lavar os grãos pode útil em alguns casos:

  • Quando sua colônia não estiver crescendo
  • Quando por algum motivo você esquecer de trocar o leite e seus grão ficarem amarelados/alaranjados.
  • Resumindo… lave somente se houver necessidade, ok?

 

Como preparar o kefir de água?

 

Kefir de água, como cultivar

 

  1. Adicione cerca de 2 a 4 colheres de sopa de grãos em um recipiente de vidro.
  2. Acrescente 1 litro de água filtrada ou mineral em temperatura ambiente.
  3. Coloque 3 colheres de sopa de açúcar mascavo ou refinado.
  4. Repita o mesmo processo feito para o kefir de leite, logo acima.
  5. A fermentação também leva entre 24 horas e 72 horas, deixando a água em um tom caramelo e com um cheirinho de pão. Humm
  6. Depois de coar o líquido já fermentado é possível consumi-lo com sachês de chás, suco de frutas ou aromatizadores em até:
  • 2 a 3 semanas, em refrigeração.
  • 3 ou 4 dias, em temperatura ambiente.
  • 3 meses, congelado.

 

Quais são os principais benefícios do kefir?

 

Entre os benefícios, se destacam:

  1. Fortalece o sistema imune contra alergias e doenças geradas pelo desequilíbrio na imunidade, como a candidíase.
  2. Reduz a produção de bile pelo fígado, auxiliando no tratamento da hepatite.
  3. Ajuda na redução da acidez excessiva do estômago, o que é ótimo para quem tem úlcera e gastrite.
  4. O cálcio ajuda em problemas articulares, além de reduzir o risco de osteoporose.
  5. É rico em proteínas, que ajudam na manutenção da massa magra.
  6. Regula a flora intestinal, devido aos lactobacilos, leveduras e outras bactérias, ajudando no emagrecimento
  7. Ainda na perda de peso, como os grãos se alimentam de açúcar, que no leite é a lactose e no açúcar é a sacarose, a bebida fermentada contém poucos carboidratos.
  8. Segundo estudo feito com ratos, o kefir é capaz de inibir o crescimento do câncer de mama.

Temperatura certa para cultivar o kefir

 

Ele fermenta mais rapidamente em locais quentes, entre 25 e 35°C.
Isso não significa que ele não possa ser cultivado em áreas frias, mais o tempo de fermentação nesses lugares será maior do que o tempo necessários em regiões quentes.

 

Como doar e transportar o kefir?

 

 

O ideal é fazer sempre a doação “em mãos”, nesse caso é a temperatura ambiente. Basta separar uma pequena quantidade, o equivalente a 1 colher de chá no mínimo, com bem pouquinho leite em um copinho ou embalagem de doces em plástico descartável, ou ainda em um saquinho para sacolé.

Algumas pessoas gostam de colocar 1/2 colher de chá de leite em pó integral ao invés do leite de caixa. Pode ser feito assim também sem problemas.

 

Recebi uma doação de Kefir, e agora?

 

A pessoa que recebe, deve assim que chegar em casa, transferi-lo para um recipiente de vidro maior e completar com leite integral (cerca de 250ml) e assim já iniciar a sua cultura.

Os grãos podem demorar um pouco mais pra fazer uma boa fermentação no início e isso é absolutamente normal, isso pode acontecer devido à mudança de leite, o tempo de transporte e etc.Se necessário, descarte a 1ª fermentação.

Em poucos dias, a cultura se adapta ao novo meio e os grãos dobram de tamanho.
Da mesma forma, é possível congelar pequenas porções para ter culturas reserva ou para futuras doações. Assim, caso sua cultura produza mais do que você possa consumir e não tiver para quem doar, congele para não perder.

 

Vou viajar, o que faço com o kefir?

 

Basta congelar em porções individuais, e descongelar quando chegar em viagem, fazendo o mesmo processo já descrito no passo a passo.

Lembre-se que o kefir congelado vai demorar um pouco mais para fermentar, mas não demora muito e tudo se normaliza!

 

Qual é o leite ideal para fazer o kefir de leite?

 

 

Se você tiver a possibilidade de ter o leite fresquinho da vaca, criada em pasto será perfeito!

Mas, se você assim como eu só tem acesso aos leites do mercado, pode usar o leite integral UHT nosso de cada dia, que dá super certo e é o que a grande maioria das pessoas usa.

Com relação a marca do leite, pode ser qualquer uma.

O ideal é usar leite integral mesmo, pois as gorduras são importantes para o processo de fermentação.

 

Receitinha especial com kefir

 

Como já vimos, é possível fazer diversas receitas usando kefir. Eu amo iogurte grego pela consistência firme que ele tem, então vamos aprender a  fazer um iogurte tipo grego com nosso kefir:

 

Receita de Iogurte Grego de Kefir

 

 

Essa receita é maravilhosa, a consistência fica muito boa e a baunilha e o adoçante mascaram boa parte da acidez. Teste, você não vai se arrepender!

 

Ingredientes

 

  • Leite kefirado – o ideal é que tenha pelo menos 500 ml, para render uma quantidade razoável.
  • Extrato de baunilha.
  • Adoçante a gosto, podendo ser Xilitol, stevia ou outro de sua preferência

Modo de fazer

 

  • Coloque o leite kefirado por 8 a 12 horas em um filtro de papel ou voal, em um recipiente dentro da geladeira.
  • Não jogue o soro filtrado fora, utilize esse soro maravilhoso em suas receitas.
  • Junte a parte sólida que ficou no filtro, com o extrato de baunilha e o adoçante a gosto.
  • Mantenha o que não consumir em refrigeração e consuma em até 2 dias, preferencialmente.
  • Agora é só aproveitar esse iogurte saudável!

 

O kefir é mesmo um grande aliado da boa saúde, e se você caprichar nas receitas, ele pode fazer parte da sua rotina de forma deliciosa. Kefir é vida!

Ficou alguma dúvida? Escreva seu comentário logo abaixo!

Já testou outras receitas com kefir de água ou kefir de leite e adorou? Compartilhe comigo nos comentários, logo abaixo!

Gostou? Então não deixe de compartilhar nas suas redes sociais!

Gostou? Compartilhe!

GRÁTIS: 45 Dicas Infalíveis para Emagrecer Com Saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *